Médica veterinária de Capitão dá dicas de cuidados com os pets no verão

terça-feira, 14 de janeiro de 2020 Capitão Leônidas Marques

Estamos no verão e nesta estação os cuidados com os pets devem ser redobrados. Assim como os humanos, cães e gatos também sentem mais desconforto no calor. Intensificar a hidratação, manter os ambientes frescos e tosar os pelos dos animais são algumas atitudes para manter seu bem-estar, evitando problemas, como insolação, queimaduras, entre outros.
 
Ao contrário dos humanos, cachorros não transpiram pela pele, mas sim pelo coxim, aquela almofadinha da pata, pelo focinho e pela boca – por isso o cão coloca a língua para fora da boca. Quando o focinho é curto, não há extensão suficiente para fazer a troca térmica.
 
Com as altas temperaturas no verão, os animais de estimação sofrem com os dias mais quentes. Segundo a veterinária de Capitão Leônidas Marques – Tatiana Wink, a hipertermia é o aumento excessivo de temperatura no corpo dos pets e pode levar o animal à óbito.
 
Os locais onde os animais comem, brincam e dormem devem estar sempre arejados e limpos para evitar mal-estar e doenças. Se eles têm o hábito de ficar no quintal, certifiquem-se de que haja locais cobertos e de sombra para se protegerem do sol.
 
Independente da atividade escolhida para curtir o verão e as férias com seu cachorro, é fundamental garantir a hidratação dele, oferecendo água fresca em abundância.
 
Manter o animal hidratado significa evitar problemas com a saúde durante a estação das altas temperaturas. Depois de todas essas dicas e cuidados você tem uma tarefa: aproveitar ao máximo o tempo livre com seu fiel companheiro!



 

Fonte: Da Redação

Escreva um comentário



Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br