Investigador da Policia Civil de Capitão alerta sobre golpe do IPVA

terça-feira, 14 de janeiro de 2020 Capitão Leônidas Marques

Uma onda de boatos sobre possíveis fraudes no IPVA tomou conta das redes sociais nos últimos dias. Alguns golpes realmente se confirmaram. Diante disso, diversas secretarias estaduais da Fazenda emitiram comunicados aos contribuintes, alertando sobre golpes do boleto falso ou vírus de computador que simulam páginas da internet de órgãos públicos.

Quinze Estados não enviam qualquer boleto de IPVA. Outros 11 e o Distrito Federal enviam pelos Correios. 

?O pagamento do Imposto sobre Circulação de Veículos Automotores (IPVA) no Paraná começa em 23 de janeiro, quando a Receita Estadual inicia o recolhimento do tributo. Diferente de anos anteriores, os contribuintes não receberão o boleto em casa para efetuar o pagamento. A receita também informa que não envia guias para pagamento por e-mail.

A medida foi adotada como parte do programa de modernização da Secretaria da Fazenda, o que vai resultar em economia de cerca de R$ 8 milhões com os gastos de impressão e envio das correspondências.

O IPVA pode ser pago nos sete bancos credenciados – Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop. A guia de pagamento pode ser emitida no site da secretaria estadual da Fazenda, usando apenas o número do Renavan, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

O pagamento também pode ser feito diretamente nos caixas automáticos desses bancos, com exceção do Banco do Brasil, bastando apresentar o número do Renavan.

O contribuinte pode pagar à vista, em janeiro, com desconto de 3%, ou em até três parcelas, com vencimentos em janeiro, fevereiro e março.

DATAS – O calendário para pagamento do IPVA começa no dia 23, quando vence a primeira parcela e da parcela única para as placas que terminam com os números 1 e 2. A data para os finais 3 e 4 é dia 24 e assim, sucessivamente, até o dia 29 deste mês. Confira AQUI as datas.

O valor do IPVA lançado é de aproximadamente R$ 3,7 bilhões – 50% do valor recolhido fica com o município de licenciamento do veículo. Os recursos do imposto são aplicados em áreas prioritárias do governo, como educação, saúde e segurança.

O IPVA é calculado com base no valor do veículo e sua quitação é requisito obrigatório para emissão certificado de licenciamento de veículo pelo Detran/PR.

O Investigador da Policia Civil de Capitão – João Gustavo fala sobre o assunto, que inclusive já aconteceu aqui em Capitão.

Fonte: Da Redação

Escreva um comentário



Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br