Vereadores indicam punições a empresas que possuem possíveis focos de mosquitos e recomendam Crotalária como medida ao combate a dengue em Capitão

quarta-feira, 18 de março de 2020 Política

Nesta segunda-feira (16) em sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores de Capitão Leônidas Marques dois Projetos de Leis, dois Requerimentos e quatro Indicações foram aprovados.
 
O primeiro projeto de lei aprovado tratava de uma alteração no serviço de acolhimento em Família Acolhedora, que visa propiciar o acolhimento familiar de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por medida de proteção como explica o Presidente da Câmara de Vereadores – Luis Carlos Vieira.
 
O segundo projeto de n° 18/2020 se referia a uma abertura de crédito especial no valor de R$ 226.550,00 (duzentos e vinte e seis mil, quinhentos e cinquenta reais), no Orçamento geral do Exercício de 2020 para que o município tenha acesso a um programa federal e seja contemplado com um Ônibus Escolar para atender alunos da área rural de Capitão, o Vereador – Valcir Lucietto falou sobre o programa.
 
Após o grande expediente as matérias do legislativo foram colocadas em discussão e votação, como o requerimento n°03/2020 do Vereador – Carlos Eduardo Santos que cobra a gestão do município para que através da Secretaria Municipal de Saúde notifique a empresa Sanches Tripoloni para que com urgência realize o fechamento de uma vala aberta na BR 163, próximo a entrada da cidade, pois em visita ao local constou-se que ela está cheia de água parada. O Vereador justificou o pedido.
 
Carlos Eduardo também apresentou uma indicação ao prefeito pedindo que notifique a Copel – Companhia Paranaense de Energia, para que realize a limpeza dos imóveis de sua propriedade que estão desocupados no Município.
 
Segundo o vereador muitas dessas casas possuem árvores de grande porte a qual suas folhas caem nos telhados e entope as calhas, o que vem a ser local propício para a criação do mosquito Aedes Aegypti.
 
A Vereadora - Neuza Stulp também fez um requerimento a prefeitura para que através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, agilize os trâmites junto ao IAP para o isolamento da Figueira localizada na futura Prainha Municipal, como também realize melhorias no seu entorno.

Neuza ainda indicou ao Prefeito Municipal que adquira sementes da Planta Crotalária e que estas sejam distribuídas a população, juntamente com um panfleto explicativo, pelos agentes de combate a endemias e aos alunos da Rede Municipal e Estadual de Educação.
 
A Vereadora falou sobre a indicação.
 
A indicação para que providencie a instalação de uma placa de sinalização no entroncamento da Praça Orestes Campigotto, proibindo a conversão a esquerda aos motoristas que trafegam pela Rua Itararé sentido Rua Itapemirim foi do Vereador - Edelano Rohers, que justificou dizendo que a Rua Itapemirim é de sentido único, no entanto diante da falta de sinalização no local vários motoristas trafegam pela contramão causando transtorno aos veículos que trafegam corretamente pela via, lembrando que o local possui o ponto de ônibus da Escola Municipal Laurindo Parmegiani.
 
O Vereador – Roberto Clovis Geier também fez uma indicação ao Prefeito para que faça um tapa buraco na estrada da Prainha Municipal, que liga a Linha Ajuricaba a prainha, enquanto se aguarda o início das obras do calçamento.
 
Segundo Roberto, ele visitou o local e verificou que a referida estrada está em péssimas condições de trafego, pois possui muitos buracos e valetas causados pela erosão.


 

Fonte: Da Redação

Escreva um comentário



Leia também

desenvolvido por goutnix.com.br